Violência Doméstica

26 de fevereiro de 2019 às 14h30
Local | Academia Almadense, Rua Capitão Leitão, 64, Almada >>> Google Maps

14H30 – SESSÃO DE ABERTURA
João Massano | Vice-Presidente do Conselho Regional de Lisboa
Carla Falcão | Presidente da Delegação de Almada da Ordem dos Advogados


14H45 – NOTICIA DO CRIME DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

Armanda Soeiro e Henrique Cunha | Agentes Principais da Divisão da PSP de Almada

15H15 – ASPECTOS PRÁTICOS EM SEDE DE INQUÉRITO JUDICIAL
Paula Loureço | Procuradora Adjunta do Ministério Público

15H50 – ARTICULAÇÃO ENTRE O TRIBUNAL E AS OUTRAS JURISDIÇÕES
Maria Fernanda Alves | Procuradora Coordenadora – 2ª e 7ª Secção do DIAP de Lisboa

16h30 – DEBATE

16H50 – INTERVALO

17H00 – CONTROLO COERCIVO E STALKING – TIPOLOGIAS CRIMINAIS POR DESCOBRIR
António Castanho  | Psicólogo clinico e Psicoterapeuta e Membro Permanente da EARHVD e membro da SGAI

17h40 – A CRIANÇA ENQUANTO VITIMA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Dulce Rocha | Presidente do Instituto do Apoio à Criança

18H20 – A INTERVENÇÃO DO ADVOGADO NA DEFESA DAS VITIMAS
Paula Santos Silva | Advogada e Jurista na Associação Mulheres Contra Violência

19H00 – DEBATE

19.30 – SESSÃO DE ENCERRAMENTO
João Massano | Vice-Presidente do Conselho Regional de Lisboa
Carla Falcão | Presidente da Delegação da Ordem dos Advogados de Almada


Inscrições : almada@del.oa.pt

Entrada gratuita sujeita a inscrição prévia

Scheduled Delegações arquivo Formação Almada


Formação
Os Novos Desafios do Regulamento de Inteligência Artificial

Conferência Modelo Híbrido
Os Novos Desafios do Regulamento de Inteligência Artificial
25 de junho de 2024 das 14h30 às 18h00

Divulgação Moodle
POD INFORMAR n.º 17 | 50 anos do 25 de abril, Liberdade de Expressão e Advocacia

A revista institucional do CRLisboa, a POD INFORMAR, passa a estar disponível em formato completamente digital em https://podinformar.pt/

Pod Esclarecer
POD ESCLARECER | 25 de abril, 50 anos com Daniel Proença de Carvalho Episódio 91

Daniel Proença de Carvalho, um dos mais conhecidos Advogados da praça portuguesa, inscreveu-se na Ordem dos Advogados em 1968. É uma figura incontornável da sociedade portuguesa ainda antes do 25 de abril.